Weby shortcut
Levi-Strauss

Bolsista do Museu Antropológico recebe Prêmio Lévi-Strauss

Atualizada em 17/12/18 16:15.

Marília é discente do curso de Ciências Sociais (FCS) da UFG e bolsita do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) sob orientação do professor Manuel Lima Filho.

Levi-Strauss

Manuel Lima Filho e Marília Morais durante a 31ª Reunião Brasileira de Antropologia na UnB.

 

Marília Caetano Rodrigues Morais teve o trabalho reconhecido como o melhor pôster de iniciação científica em Antropologia e recebeu o Prêmio LéviStrauss. Ela apresentou o trabalho "Num emaranhado de folhas e flores são tecidas as esteiras: Reflexões sobre os fluxos das coisas Inỹ e o estudo da Coleção William Lipkind do Museu Nacional (RJ)" que produziu sob orientação do professor Manuel Ferreira Lima Filho, Diretor do MA.  Marília é discente do curso de Ciências Sociais da UFG e bolsita do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID).

O Prêmio Lévi-Strauss está na sétima edição e foi realizado na Universidade de Brasília (UnB) durante a 31ª Reunião Brasileira de Antropologia entre os dias 9 e 12 de dezembro.  O concurso que é de âmbito nacional faz uma homenagem à contribuição de Claude Lévi-Strauss à Antropologia. Além disso, tem como objetivo estimular novas carreiras e dar visibilidade à produção acadêmica de qualidade em universidades brasileiras.

Fonte: Secretaria do Museu Antropológico